Há muito tempo o ovo tem sido um vilão nas dietas, mas, ao contrário do que muitos dizem, ele também faz muito bem para a nossa saúde.

Algumas pesquisas realizadas mostram os benefícios que podem ser encontrados na ingestão de ovos, tais como: aumento do colesterol HDL, diminuição do colesterol LDL, auxílio na perda de peso e ganho de massa.

Neste post apresentaremos o que é a diabetes e quais são os seus tipos. Além de mostrar a importância de uma dieta que contenha ovos e a sua contribuição na redução e prevenção de diabetes tipo 2.

Para finalizar, sugerimos algumas receitas práticas e rápidas para você que tem pouco tempo para preparar uma refeição saudável. Continue lendo!

Definição de diabetes e seus tipos

A diabetes é uma doença que faz com que o corpo não produza a quantidade necessária de insulina — um hormônio que regula e controla a absorção de açúcar (glicose) no sangue. Quando o teor de glicose está alto, a insulina transporta essa glicose para as células.

Mas, às vezes, o corpo não consegue fazer isso sozinho porque o pâncreas não produziu nada ou quase nada de insulina, provocado altas taxas de açúcar no sangue. Existem diferentes tipos de diabetes:

  • diabetes tipo 1: o pâncreas produz pouca ou nenhuma insulina e, por vezes, deixa de produzi-la subitamente. O tratamento pode ajudar, mas não há cura para essa doença. E o tratamento consiste na aplicação de insulina, uma dieta balanceada e prática de atividades físicas;
  • diabetes tipo 2: afeta a forma como o corpo processa o açúcar do sangue, o pâncreas não produz insulina ou cria certa resistência a ela. O tratamento consiste em uma dieta balanceada e na prática de atividades físicas;
  • diabetes gestacional: a mulher passa por mudanças hormonais durante a gestação, pois a placenta reduz a ação da insulina no corpo. Podendo ocasionar hipoglicemia neonatal, chances de a criança tornar-se obesa na vida adulta, entre outros.

No próximo tópico veremos como a inclusão de ovos na dieta pode contribuir no controle e prevenção de diabetes tipo 2.

Consumo do ovo e a prevenção de diabetes

Uma pesquisa realizada pela University of Eastern Finland comparou dois grupos de indivíduos, um consumiu quatro ovos por semana e o outro, apenas um ovo por semana.

O resultado mostrou que o primeiro grupo teve uma redução de 37% nas chances de desenvolver uma doença em comparação ao segundo grupo.

Esse estudo contou com a participação de 2.332 homens com idades entre 42 e 60 anos, sendo que 432 foram diagnosticados com diabetes do tipo 2.

Além de reduzir as chances de desenvolver diabetes do tipo 2, o consumo de ovos reduz os níveis de açúcar no sangue. O ovo tem ácidos graxos, proteínas essenciais ao nosso organismo, minerais, vitaminas, luteína e zeaxantina.

Esses fatores afetam de forma positiva o organismo. Veja algumas dicas, no próximo tópico, de como incluir a ingestão de ovos em uma rotina agitada e manter em dia a saúde do seu corpo.

Os ovos variam conforme o modo de preparo: fritos, cozidos, mexidos ou escalfados. Pode ser consumido no café da manhã, no almoço ou no jantar.

Confira algumas receitas práticas e rápidas: Muffins de ovos, Salada leve com vagens verdes, Salada de abacate, bacon e ovo e muitas outras receitas deliciosas. Evite comer ovo cru, para não correr o risco de contrair salmonela.

Portanto, lembre-se: o segredo é a moderação no consumo. Além de uma alimentação equilibrada, pratique atividades físicas, faça exames regularmente e controle o nível de açúcar no sangue.

E aí, gostou desse conteúdo sobre o consumo de ovos e a diabetes? Então continue conferindo nossas dicas e aprenda mais sobre diabetes e como conviver com ela e sobre muitas outras doenças e como manter uma vida saudável.

 

Comente

Please enter your comment!
Please enter your name here