Mesmo com tanta procura por planos de saúde por parte dos pacientes, alguns profissionais ainda não têm certeza se devem ou não oferecer atendimentos por meio deles.

Por isso preparamos este artigo. Apresentamos os prós e contras de aceitar atendimentos por planos de saúde.  Mas antes confira como essa ideia surgiu. Boa leitura!

Como surgiram os planos de saúde no Brasil?

Os primeiros planos de saúde surgiram na década de 20, nos Estados Unidos. Nessa época, as empresas multinacionais começaram a se preocupar com a qualidade de vida dos seus funcionários.

Como o setor público não dava a assistência necessária para suprir as necessidades deles, passaram a utilizar seus recursos próprios e dos empregados para garantir um bom atendimento.

Anos depois essa ideia foi adotada no Brasil. E em 88, passou a vigorar na constituição que todos os cidadãos tivessem o direito à saúde e permitiu que as empresas privadas pudessem oferecer serviços de assistência à saúde, sob o controle do Estado.

Mas apenas 10 anos mais tarde foi estabelecida uma lei que definisse as regras para o funcionamento do setor de saúde suplementar no país. Em 99 foi criada a Agência Nacional de Saúde Suplementar – órgão que regula os planos de saúde.

Quais são as vantagens e desvantagens para as empresas

Vantagens

O credenciamento em planos de saúde pode ser uma boa ideia para as clínicas e profissionais que estão entrando no mercado. É uma maneira de atrair clientes e começar a divulgar o seu negócio.

Outra vantagem é poder oferecer aos pacientes os procedimentos que os planos não cobrem. Assim, a partir da confiança que o paciente já tem em relação ao profissional faz com que aumente as chances de procurá-lo novamente para fazer esses procedimentos.

Como os planos de saúde surgiram para facilitar o acesso à saúde por meio de atendimentos com custos mais acessíveis, sempre haverá pessoas interessadas em ser atendida por profissionais que aceitem os planos de saúdes.

Dessa forma, a empresa terá uma agenda lotada, haverá um aumento no número de pacientes que procuram a clínica e, consequentemente, os rendimentos aumentarão.

Desvantagens

Assim como há vantagens, também há desvantagens em atender pelos planos de saúde. Apensar de os planos aumentarem as mensalidades de forma significativa para os pacientes, o valor não é repassado para os profissionais.

Assim sendo, eles não recebem uma remuneração adequada, se comparados aos investimentos realizados para atuar na profissão. Em média, um profissional receba cerca de R$30,00 a R$60,00 por consulta realizada.

Isso muitas vezes conduz o profissional a atender muitos pacientes em um curto espaço de tempo para compensar a remuneração no final do mês. Mas quem sai prejudicado é o paciente, que é atendido muito rápido.

Outro problema é a burocracia, que exige procedimentos específicos para lidar com as empresas do plano de saúde. Em alguns casos há demora no pagamento. Esses e outros fatores levam os profissionais a não atender por planos de saúde ou reduzir o máximo possível o número de vagas para isso.

Para garantir o sucesso de uma clínica, o profissional precisa aprender a equilibrar o número de atendimentos particulares e por planos de saúde. Além de pesquisar os diferentes tipos de planos de saúde e conversar com outros clientes.

Afinal, o plano de saúde poder ser um bom aliado no momento certo. Gostou do nosso artigo? Então, mantenha-se informado com outros posts.

 

 

 

 

Comente

Please enter your comment!
Please enter your name here